A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Assim que a pessoa entrega sua individualidade para o infinito da realidade de D'us, pode transformar-se numa versão mais pura e mais elevada de si mesma.

Navigation

Parashat - Bereshit "Gênesis 1:1-6:8"

W3.CSS

Bereshit

D'us criou o mundo em seis dias. No primeiro dia Ele fez a escuridão e a luz. No segundo dia formou os céus, dividindo as “águas superiores” das “águas inferiores”. No terceiro dia Ele estabeleceu as fronteiras entre terra e mar, e atrai árvores e as plantas vindas da terra. No quarto dia Ele fixa a posição do sol, lua e das estrelas como mantenedores do tempo e iluminadores da terra. Peixes, aves e répteis são criados no quinto dia; animais terrestres, e então os er humano, no sexto. D'us cessa o trabalho no sétimo dia, e o santifica como um dia de descanso.

D'us forma o corpo humano do pó da terra, e sopra em suas narinas uma “alma viva”. O homem originalmente é uma só pessoa, mas decidindo que “não é bom que o homem permaneça sozinho”, D'us pega um “lado” do homem, forma-o numa mulher, e os casa um com o outro.

Adam e Eva são colocados no Jardim do Éden, e ordenados a não comer da “Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal”. A serpente persuade Eva a violar a ordem, e ela partilha o fruto proibido com seu marido. Por causa do pecado, é decretado que o homem experimentará a morte, retornando ao solo do qual foi formado, e que todo ganho virá somente através de luta e trabalho. O homem é banido do Jardim.

Eva dá à luz a dois filhos, Caim e Abel. Caim briga com Abel e o mata, e se torna um ser vagante. Um terceiro filho, Seth, nasce para Adam; o descendente da oitava geração de Seth, Noach, é o único homem justo num mundo corrupto.

Que mais assuntos referentes a Parashat de Bereshit Acesse Chabad.com

Share

Post A Comment:

0 comments:

Comente aqui!