A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Assim que a pessoa entrega sua individualidade para o infinito da realidade de D'us, pode transformar-se numa versão mais pura e mais elevada de si mesma.

Navigation

Tráfico de animais silvestres é tema de livro

Agência FAPESP – O tráfico de animais silvestres é o tema de pesquisa feita por Felipe Ferreira Vander Velden, docente do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
O resultado está no livro Joias da Floresta: antropologia do tráfico de animais, publicada pela EdUFSCar com apoio da FAPESP.
O estudo foi realizado em duas etapas. A primeira foi uma ampla revisão documental e bibliográfica sobre o assunto. A segunda envolveu estudo de campo em Rondônia, onde o autor desenvolve pesquisas desde 2002. Por sua vez, a ação em campo também foi dividida, uma parte na cidade de Porto Velho (RO), por meio de entrevistas com pessoas que comercializam e fazem circular irregularmente os animais silvestres, e outra parte entre os Karitiana, povo indígena de língua Tupi-Arikém que habita a região.
O livro também é dividido em duas partes. A primeira, “Da natureza ao mercado: animais como objetos em circulação”, traz os capítulos “Animais em movimento”, “O tráfico de animais silvestres”, “O tráfico de animais silvestres no Brasil”, “Rondônia, Porto Velho”, “A natureza no quintal? Por que as pessoas capturam, compram, vendem e mantêm animais?” e “Afetos proibidos: a história do macaco Chico”.
A parte seguinte apresenta os capítulos “Os índios, os animais e os tráficos”, “Aves, penas e plumas, e seus apreciadores”, “Da casa e do mato: os Karitiana e seus animais”, “Não pode jogar! Como (não) usar o que não se deve descartar? Os Karitiana e a circulação de animais”, “Incentivar e coibir: paradoxos em torno do artesanato indígena em Rondônia”, “Dos delitos das penas” e “O animal como mercadoria”.
O lançamento do livro Joias da Floresta: antropologia do tráfico de animais ocorreu no dia 13 de setembro de 2018, em São Carlos. O livro tem 279 páginas, custa R$ 60 e pode ser comprado pelo site da EdUFSCar em www.edufscar.com.br/farol/edufscar/produto/joias-da-floresta-antropologia-do-trafico-de-animais/250155.
Share

Post A Comment:

0 comments:

Comente aqui!